The Voice Kids 2018

No período de setembro de 2017 a abril de 2018, a equipe responsável pelos atendimentos psicoterapêuticos infanto-juvenis do espaço Núcleo Integrado foi convidada a enfrentar um novo e maravilhoso desafio: atuar em prol da saúde emocional e do cuidado psíquico dos participantes do programa The Voice Kids 2018.

Brincar é coisa séria, sim! O principal objetivo da equipe de Psicologia do Núcleo Integrado neste desafio, equipe constituída pelas profissionais Marina Lanzellotti, Patrícia Machado e Luísa Scalon, com direção da Ana Café, foi fazer desta grande experiência uma inesquecível brincadeira, que pudesse ficar inscrita na história de vida e no coração de todos os participantes que passassem por ali.

E quando falamos desta grande experiência, é inevitável não falar de sonhos. O nosso objetivo central no The Voice Kids 2018 se constituiu em regar e compartilhar sonhos, os quais já estavam ali presentes e estampados nos sorrisos de cada criança. Quanto mais estes sonhos eram regados e compartilhados, mais eles cresciam.

Kids de 9 até 15 anos de idade fizeram parte da terceira edição do programa, os quais vieram de diferentes regiões do nosso país e proporcionaram a todos um grande show de diversidades culturais. A equipe de Psicologia, que atuou em parceria com a equipe de Apoio a Pessoas da Rede Globo, esteve presente em todas as etapas do programa, acompanhando os participantes e seus responsáveis e se certificando de que as crianças estavam em condições favoráveis para viverem uma experiência agradável e infantil.

Nas etapas iniciais do programa, a equipe de Psicologia buscou promover um ambiente acolhedor e facilitador para as crianças, jovens e responsáveis que estavam tendo as suas primeiras experiências com a incrível jornada que estava começando. Nos contatos iniciais, foram abordados temas motivacionais com o intuito de iniciar o processo de desconstrução do senso de competitividade entre os participantes, buscando prosperar o senso de agregação e de cooperatividade. Todos ali deveriam ser considerados vitoriosos e era de suma importância que conseguissem se dar conta disto. As psicólogas atuaram em todas as atividades e dinâmicas propostas com um olhar cuidadoso, voltado para a individualidade de cada criança e jovem. Através de estratégias lúdicas, desenvolveu-se a afinidade entre os participantes, o sentimento de acolhimento e de segurança.

No decorrer do programa, a equipe visou promover uma experiência alegre e integrada, reforçando o valor da união do grupo. Promoveu-se atividades de relaxamento, de diversão e, consequentemente, obteve-se uma redução do nível de ansiedade naturalmente presente nos kids e seus responsáveis. Foi exercitado por meio de atividades lúdicas que os participantes se direcionassem totalmente para o momento presente e para o que já estava sendo vivido positivamente, independentemente de resultados futuros. As reflexões surgidas das atividades, dentro das quais eles espontaneamente trocavam os seus sentimentos e suas sensações, foram relevantes para que os kids reduzissem os seus níveis de ansiedade, acolhessem uns aos outros e conseguissem usufruir mais intensamente do que estava sendo oferecido naqueles momentos específicos.

Foram intensas e imensuráveis emoções. Houveram muitas gargalhadas, muitas lágrimas e muitas “borboletas no estômago”. Foi uma grande experiência com cheiro de infância, de brincadeira, de ser e de crescer. Os sonhos foram, sim, eternizados nas mais coloridas lembranças e na constatação do talento que eles possuem e puderam experimentar, ao vivo e a cores, com todos os holofotes e brilhos daquele palco. Foram relatos de amor, de amizade, de gratidão e amadurecimento, por parte das crianças e dos adultos que os acompanharam também. Tivemos como maior resultado do nosso trabalho o fim de uma edição que contou com a formação de uma grande família: a família The Voice Kids 2018.

Patricia Machado
Psicologa – CRP

Veja fotos: