Fale pelo WhatsApp:

Uso abusivo de álcool pode reduzir imunidade e comprometer eficácia de vacinas, dizem médicos

Compartilhe
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Segundo especialistas, o uso abusivo de álcool pode reduzir a imunidade e comprometer a eficiência do imunizante.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Imunizações, não há nenhuma restrição sobre o uso de álcool, nem antes ou depois da aplicação das vacinas Coronavac e Astrazeneca. 

Entretanto, o uso crônico ou abusivo de bebidas alcoólicas podem enfraquecer o sistema imunológico e aumentar o risco de infecções.

“Se você beber álcool em grande quantidade vai sim afetar o sistema imunológico naquele período das 48 horas após uso e pode interferir na resposta da vacina. A gente não tem como garantir se altera ou não, mas existe essa possibilidade forte porque ele altera bastante a imunidade”, informa a especialista.

Por isso, a orientação é que, caso o paciente esteja prestes a ser imunizado, que evite o consumo de álcool.

Fonte: G1

Deixe seu comentário

Ana Café pela vida

Tamo Junto!